"Sem mais, a vida vai passando no vazio
Estou com tudo a flutuar no rio
esperando a resposta ao que chamo de amor".

quinta-feira, 27 de março de 2008

20 - Arte nos poros

A aproximação dele deixou-a nervosa. Afinal, quem poderia querer falar com ela à essa altura dos acontecimentos?
- Bom dia.
- Oi.
- Podemos conversar?
- Por favor diga logo o que você quer porque eu não quero falar com você. Você sabe bem disso.
- Podemos sentar pra tomarmos um sorvete? Sei que você não bebe.
- Tá.
Durante horas ele falou e ela ouviu mas algo estava errado. Mas... o quê?
- Se você é bonito por fora, deve ser feio por dentro. Algum defeito você deve ter. Não é possível!!!!!!
Silêncio.
- E então? O que diz???
- Então você me acha bonito?
- Hum hum...
- Eu faço o seu tipo? O que você mais gostou em mim? Ah, tenho muitos defeitos, já vou te avisando.
- Não disse nada de tipo. O acho bonito e ponto. Pior que você tem a maior qualidade; você é sincero.
- Então posso considerar que estou ganhando mais pontos com você?!
- Com licença. Não gosto de seu jeito. Ahhhhhhh que bom! Achei um defeito em você!!!!
- O que tem demais no meu jeito? Sou sincero e você gosta disso e você me diz que não gosta do meu jeito???
- Pois é, agora você descobriu o meu jeito: sou completamente fora das normas. Não podemos ficar juntos. Até nunca mais.
- Adeus....Mas continuaremos amigos?
- Jamais.

11 comentários:

LindaRê disse...

Eu me pergunto: quem falaria comigo a essa altura dos acontecimentos? Tem gente que fala.

Beijos

http://devaneiosinsanidade.blogspot.com/

Anônimo disse...

Ahhh tá, agora entendi.,., akakak.,., estão bem lokos.., beijo.,.,

Nadezhda disse...

Gostaria de mais sinceridade nos meus dias. Como essas.

;)

Si disse...

Gostei dessa: completamente fora das normas!

andré gabriel disse...

caramba, quanta contradição!!! beijão

.raphael. disse...

fora da normalidade! Às vezes se acha algo em comum! Sempre!

Beijos

vinicius disse...

O loko.. ao menos poderia continuar sendo amigo rs...

Gustavo disse...

Jamais aqui também:
http://acabouacoca.com/gugo/2008/03/12/cheiro-ruim/#more-265

Marcos Costa Melo disse...

Oi, gosto de contos assim, que deixam brechas, sem início amarrado (por que ninguém gostaria de falar com ela?) e um final seco.

Parabéns.

abraços

Si disse...

Tem alguem aí???

marcelo disse...

Não acredito nas sinceridades alheias até mesmo porque eu minto prá mim pacas....!

bjs