"Sem mais, a vida vai passando no vazio
Estou com tudo a flutuar no rio
esperando a resposta ao que chamo de amor".

sábado, 24 de agosto de 2013

mendicância

Mendiguei sim, seu amor. Não tenho vergonha de dizer isso. Cada minuto que passamos juntos, cada sorriso, cada palavra me demonstraram que não havia porque temer.
Ao mendigar um amor resolvido, absorvido, íntimo e ligado é como se fosse um único e último. 
Nada de arrependimentos, nada de revisões. Mendiguei seu amor por tudo o que eu via que era retornável.
Não se implora amor quando já o tem.
Sentia-me leve, você também.
Sentíamos completos, esclarecidos, cúmplices de uma vida.
Nada de cobranças ou ameaças. Amor é liberdade.
Acabou a tão sonhada fase.
Agora eu estou mais feliz e você, quem sabe....?!

2 comentários:

Laura Rodrigo disse...

Você é MUITO boa!

Atriz disse...

Obrigada, flor. abç