"Sem mais, a vida vai passando no vazio
Estou com tudo a flutuar no rio
esperando a resposta ao que chamo de amor".

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

140 -

"Como uma ideia que existe na cabeça
E não tem a menor obrigação de acontecer
.
Se amanhã não for nada disso
Caberá só a mim esquecer
E eu vou sobreviver..."
.
Fácil é falar de emoções, chorar ao ver um filme, sorrir a todos, dançar sem saber, cantar uma música que você não gosta, dormir sem vontade, ajudar as pessoas, conversar com estranhos, caminhar com as pernas doloridas, gritar, saltar, se aventurar, comer sem apetite, trabalhar estando cansada, sentar quando se quer deitar.
Difícil é abstrair.

Um comentário:

Pitango disse...

E bota difícil nisso. é um exercício árduo de tentativa e erro, às vezes com mais erros que acertos. Mas um dia a gente chega lá. Ou sei lá, será que devemos chegar lá?