"Sem mais, a vida vai passando no vazio
Estou com tudo a flutuar no rio
esperando a resposta ao que chamo de amor".

sábado, 27 de junho de 2009

Eu vou seguir, caminhar, andar, sorrir, bem longe, pensando em você e você pensando em mim...

Quantas vezes você já sorriu
para disfarçar uma lágrima teimosa?

Quantas vezes quis gritar e sufocou o pranto?

Quantas vezes quis sair correndo de algum lugar
e ficou por educação, respeito ou medo?

Quantas vezes desejou apenas um beijo,
e ficou com a boca seca esperando o que não veio?

Quantas vezes tudo o que você desejou era apenas um abraço,
um consolo, uma palavra amiga e só recebeu ingratidão?

Quantos passos foram necessários
para chegar até onde você chegou?

Quantos sabem dar o valor

que você realmente merece?

Criticar é fácil, mas usar o seu sapato ninguém quer,
vestir as suas dores ninguém quer,
saber dos seus problemas, só se for por curiosidade,
por isso, não entregue a sua vida nas mãos de ninguém,
nada de acreditar que sem essa ou aquela pessoa,
você não vai viver...

Vai viver sim, o mundo continua girando,
e se você deixar, pode te trazer algo muito melhor.

Pegue a direção da sua vida e aponte rumo ao Sul,
lá onde a placa diz "caminho do sol",
bem na curva da felicidade, que te espera
sem pressa, para viver com amor e intensidade,
a paz, a harmonia e a felicidade...
.
paulo roberto gaefke

5 comentários:

Pitango disse...

Quantas vezes tudo o que você desejou era apenas um abraço,
um consolo, uma palavra amiga e só recebeu ingratidão?

Várias...

Marcelo disse...

Já detestei ter acordado prá não sentir o que eu sentiria mais tarde...mas adorei dormir e acordar no outro dia vendo que ontem passou e hj tem muitas outras melhores possibilidades felizes!

bjs

Simplesmente Outono disse...

Olá pessoa mais doce da minha estação...
Começo logo de cara agradecendo o carinho de sempre.
Confesso que sinto falta quando não encontro suas letrinhas por lá. Sei que ando completamente ausente dos blogs amigos, porém nada que estas férias não resolvam. A faculdade toma meu tempo de maneira integral, porém saiba que esquecer de pessoas como você é algo sem a menor chance de acontecer.
Folhas secas pelo teu chão com gotinhas de admiração e respeito.
Eu, Simplesmente Outono.
Ps.: Obrigada sempre e mais uma vez!

Simplesmente Outono disse...

Ousar é algo sublime que por muitas vezes é capaz de machucar.
Tenho marcas que já sabia onde dariam e mesmo assim ousei!
Arrependida de algumas, saudosa de outras e sedenta das inúmeras que ainda estão por vir.
Eu, Simplesmente Outono.
Ps.: Texto novo repleto de verdade, da minha verdade!

Marcelo disse...

oi atriz!

bjs